Pallets e caixotes são opções mais baratas para decoração de ambientes

compartilhe

Com charme rústico, materiais podem ser transformados em camas, sofás, mesas, cadeiras, nichos, armários, entre outras peças do mobiliário.

Estudante de arquitetura empreende no setor de móveis sustentáveis em Sorocaba (Foto: Rafael Ranéia/Arquivo pessoal)

Acessíveis e versáteis, os pallets e caixotes de madeira vêm conquistando espaço na decoração. Isso porque os materiais podem ser transformados em uma infinidade de móveis, bastando usar a criatividade para torná-los funcionais. Com charme rústico e despojado, as peças ainda são sustentáveis.

Em Sorocaba (SP), o estudante de arquitetura e bioconstrutor Rafael Ranéia da Silva, de 22 anos, decidiu empreender no setor dos móveis sustentáveis, que são aqueles feitos a partir da reutilização de materiais – como os pallets e caixotes – ou com materiais que geram menor impacto ao meio ambiente por meio de uma nova tecnologia, por exemplo.

Além de aumentar a vida útil dos materiais que seriam jogados no lixo, os móveis sustentáveis conferem aos ambientes um aspecto rústico e despojado e podem estar na casa toda, desde a sala até o quintal. Foi buscando isso que o engenheiro de produção João Henrique de Macedo decidiu trocar o sofá e a cama tradicionais pelas versões de pallets.

Assista a reportagem completa a seguir:

=> FABRICANDO E VENDENDO MÓVEIS DE PALETES <=

“Gosto da ideia de reutilização. Minha sala possui tapetes e almofadas espalhados e a ideia era fazer um espaço no chão. Unindo a beleza do pallet como móvel rústico e podendo escolher a altura do mesmo, consegui uma solução que saísse do comum e trouxesse conforto e beleza dentro da ideia que eu tinha em mente”, conta João. Para o sofá, foram necessários apenas dois pallets.

Apesar da popularização dos móveis sustentáveis, o estudante de arquitetura acredita que eles não são uma tendência, mas sim uma necessidade.

“Atualmente existem mais pessoas preocupadas com todo esse contexto. Com tantas crises e momentos que geraram forçadas reflexões, como a crise hídrica na grande São Paulo em 2015, se fez nascer essa sensação de que tudo deve ser de certa forma sustentável para manter a harmonia do consumo, que hoje ainda é desenfreado”, pontua Rafael.

Para quem quer apostar no charme dos móveis sustentáveis para decorar o ambiente, os pallets e caixotes são materiais comumente descartados em empresas, mercados, feiras e podem até serem comprados pela internet.

“Para saber se a madeira do pallet ou caixote está em boas condições de uso basta observar a cor e a rigidez. A cor não pode estar escura, pois significa que tomou bastante chuva e sol. Dessa forma, o material quebra bem mais rápido. Para testar a rigidez, é só colocar uma carga na peça. Madeiras novas envergam, mas não quebram”, explica Rafael.

FONTE: G1

FAÇA COMO O ESTUDANTE DE ARQUITETURA RAFAEL E CONQUISTE SUA INDEPENDÊNCIA FINANCEIRA, SAIBA COMO GANHAR DINHEIRO FABRICANDO MÓVEIS DE PALETES. CONHEÇA O CURSO:

=> FABRICANDO E VENDENDO MÓVEIS DE PALETES <=

compartilhe

Móveis feitos de paletes de madeira são opções de decoração sustentável

compartilhe

Além de contribuírem com o meio ambiente, as pequenas empresas já estão faturando com a transformação de paletes e caixotes de madeira em peças de decoração

Reaproveitar e transformar paletes de madeira em móveis e outros objetos já virou um negócio lucrativo em Manaus. Além de contribuírem com o meio ambiente, as pequenas empresas já estão faturando com a transformação de paletes e caixotes de madeira em peças de decoração.

Um “negócio de família” é como se define a DePaletes Móveis & Decoração (@depaletes). A analista de sistemas Joyce Marinho e os pais Josué Souza e Terezinha Marinha sempre foram uma família que gostava de reaproveitar objetos e, durante uma viagem de Joyce, ela descobriu os móveis com paletes.

“Eu viajei e fiquei hospedada em um hotel em que todos os móveis eram feitos de paletes. Quando voltei comentei com meus pais e começamos a fazer algumas peças”, contou a analista, que largou o emprego em 2016 para se dedicar exclusivamente à empresa.

Entre os objetos mais procurados estão sapateiras-banco, casa para pet, criado-mudo e prateleiras. Os valores variam a partir de R$ 35 e dependendo do tipo ou tamanho podem chegar até R$ 350.

“A vantagem de trabalhar com paletes é a diversidade de peças que se pode produzir, desde transformar pequenos caixotes de madeira até produzir móveis maiores como camas, estantes e mesas”, explica Joyce.

LEIA TAMBÉM: Amigos lucram mais de R$ 7,5 mil em 6 meses com móveis feitos de paletes

Foco e investimento

O ex-vendedor Augusto Ramos também mudou de vida após encontrar nos móveis com paletes uma nova opção de trabalho. Desde 2015 ele trabalha com a (@palete_mania) produzindo peças exclusivas para eventos como mesas, cadeiras e divisórias. Por conta dos eventos, ele trabalha apenas sob encomenda.

Augusto conta que para começar a trabalhar investiu aproximadamente R$ 1,5 mil. “A maior parte do investimento foi na compra de ferramentas, eu não tinha nada de material, então precisei comprar tudo, desde o martelo até máquinas de corte de madeira”, explicou.

Atividade lucrativa e sustentável

MANAUS – AM 12/06/2017 – ENTREVISTA COM O CASAL EMPREENDEDOR GUIDO PESSOA E ÉRICA PESSOA, NO RAMO DE REAPROVEITAMENTO DE PÁLETES. FOTO: ANTONIO LIMA/ACRÍTICA

Os estudantes de arquitetura Guido Borges e Erika Pessoa tinham a vontade de trabalhar com foco na sustentabilidade, como reciclagem de pneus, garrafas, peças de carros e paletes. Então, juntos, criaram algumas peças e se inscreveram em uma feira de empreendedorismo criativo para ter mais ideias.

Eles criaram a marca Morada Verde (@morada.verde) e já na primeira participação em feiras conseguiram vender boa parte das peças e receberam mais de dez pedidos de encomendas.

“A gente levou para a feira poucas peças e em uma tarde tivemos um retorno positivo dos clientes, tanto nas vendas como nas encomendas que surgiram na semana seguinte”, contou Erika.

Em pouco tempo de funcionamento, a dupla já fechou a decoração de um flutuante no Lago Tarumã e possui um espaço decorado na Loja Casa do Eletricista, localizada na rua Silva Ramos, no Centro de Manaus.

DESCUBRA COMO COMEÇAR SEU PRÓPRIO NEGÓCIO RECICLANDO PALETES DE MADEIRA CLICANDO NO LINK ABAIXO:

=> CURSO COMO FAZER E VENDER MÓVEIS DE PALETES PASSO A PASSO <=

Fonte: https://www.acritica.com/channels/manaus/news/moveis-feitos-de-paletes-de-madeira-sao-opcoes-de-decoracao-e-sustentabilidade

compartilhe

Amigos lucram mais de R$ 7,5 mil em 6 meses com móveis feitos de paletes

compartilhe

Lucas Mortari e Wesley Rodrigues reaproveitam PALETES em Rio Branco.

Ao contrário de muitos, a palavra “crise” não causa nenhum medo aos músicos Lucas Mortari, de 31 anos, e Wesley Rodrigues, de 20 anos, que moram em Rio Branco. Há seis meses, eles decidiram tornar um simples hobby em empresa. Com paletes coletados em lojas e até no lixo, os dois começaram a fabricar móveis artesanais e dizem que já alcançaram um lucro líquido de mais de R$ 7,5 mil.

Rodrigues lembra que, antes de montarem o empreendimento, os dois e outro amigo “brincavam” de construir instrumentos musicais e algumas peças para familiares. Até então, nunca houve a ideia de tornar o lazer em algo mais sério. Mortari diz que decidiu investir na empresa após a reforma da casa, quando não conseguiu encontrar os móveis dos sonhos.

 DESCUBRA COMO TER UMA RENDA EXTRA TRABALHANDO COM PALLETS =>CLICANDO AQUI <=

“Trocamos os móveis e os que estavam vendendo eram caros, frágeis e não me agradavam esteticamente. Pesquisei e vi algumas coisas interessantes com madeira reaproveitada. Fiz um banquinho para minha avó e as pessoas começaram a perguntar se eu vendia. Surgiu uma oportunidade de negócio e era uma coisa que eu já gostava de fazer”, diz.

Amigos fazem móveis usando paletes em Rio Branco (Foto: Arquivo pessoal)
Amigos fazem móveis usando paletes em Rio Branco (Foto: Arquivo pessoal)

As opções de criação com palete são imensas, segundo os amigos. Eles falam que, apenas nesses seis meses, já construíram utensílios para cozinha e jardim, cercas vivas, portas, guarda-roupas, painéis para televisão, mesas de jantar, mesinha de centro, cadeiras de balanço e ainda móveis de escritório. Já foram em torno de 150 vendas realizadas mediante encomenda.

“Recebemos a encomenda e fazemos, porque não tenho lugar para estocar o produto pronto. Trabalho numa logística para não estragar os paletes, porque se eles ficarem em local descoberto pegam chuva. Não tem segredo, qualquer pessoa pode fazer um móvel. Para mim, o que conta é a criatividade”, fala Mortari.

Sobre os preços, Mortari diz que, em média, cada palete pronto – lixado, tratado, com selador e verniz – sai entre R$ 50 e R$ 85 devido aos tamanhos. Segundo ele, a peça mais barata, uma mesa de centro sem o vidro, custa R$ 100. “Um sofá nas lojas convencionais sai por pelo menos R$ 1,5 mil. Meu sofá de três lugares sair por R$ 300 sem o estofado. Cobro o serviço”, completa.

Músicos dizem que lucraram mais de R$ 7 mil em apenas seis meses de trabalho (Foto: Arquivo pessoal)
Músicos dizem que lucraram mais de R$ 7 mil em apenas seis meses de trabalho (Foto: Arquivo pessoal)

‘Decidi não participar da crise’, diz Mortari
Diante dos resultados obtidos nos primeiros meses de vendas, os amigos fazem planos. A ideia é sair do apenas online, onde as peças são atualmente vendidas, para uma loja física. O segredo, de acordo com os dois, é descobrir o que se pode fazer e apostar nisso apesar do momento de crise. Eles falam, inclusive, abrir franquia e até exportar.

“Estamos nos divertindo. Nossa vontade nunca foi ficar milionário, queremos deixar as pessoas felizes. Não descarto as ideias de exportar ou de uma franquia. Tudo é possível, mas não temos a ânsia de dinheiro. Com o pouco é possível fazer muito, as pessoas falam em crise, mas decidi não participar disso. A crise é uma oportunidade de se reinventar”, defende Mortari.

Móveis são feitos na própria casa de Lucas Mortari, em um quarto transformado em oficina (Foto: Caio Fulgêncio/G1)
Móveis são feitos na própria casa de Lucas Mortari, em um quarto transformado em oficina (Foto: Caio Fulgêncio/G1)

Além disso, eles dizem que, muito além do lucro, é importante colaborar com o ambiente, dando serventia a um material que normalmente é descartado. “Nossa pegada é o ecológico. Pense o planeta como o quintal de sua casa, é muito simples. Se entulhar as coisas, uma hora haverá problema. Podemos deixar uma coisa destrutiva ou construtiva”, acrescenta.

GOSTOU DA MATÉRIA? E QUE TAL VOCÊ COMEÇAR SUA PRÓPRIA EMPRESA DE MÓVEIS DE PALLETS? CONHEÇA O CURSO FABRICANDO E VENDENDO MÓVEIS DE PALLETS PASSO A PASSO => CLICANDO AQUI <=

 

 

Móveis de paletes são fabricados na casa de um dos amigos (Foto: Arquivo pessoal)
Móveis de paletes são fabricados na casa de um dos amigos (Foto: Arquivo pessoal)

 

Fonte: G1

compartilhe